O que é Quiropraxia

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a Quiropraxia é uma profissão da saúde que lida com o diagnóstico, tratamento e a prevenção das desordens do sistema neuro-músculo-esquelético e dos efeitos destas desordens na saúde em geral. Há uma ênfase em técnicas manuais, incluindo o ajuste e/ou a manipulação articular e com um enfoque particular nas subluxações.

A Quiropraxia é especializada no cuidado preventivo e corretivo do sistema composto pelos ossos e pelos músculos onde o foco do atendimento é devolver o alinhamento normal das articulações que estão de alguma forma desalinhadas ou bloqueadas e, assim, permitir que as informações recebidas e ordenadas pelo cérebro trafeguem pelos nervos sem interferências.

A Quiropraxia está fundamentada na relação que existe entre a estrutura (sistema músculo-esquelética, incluídos toda coluna e articulações) e a função do sistema nervoso (encéfalo, medula espinhal e nervos periféricos).

Sabemos que é o cérebro que coordena todas as células, órgãos, sistemas e funções do organismo. É o cérebro que controla a temperatura corpórea, a pressão arterial, a frequência cardíaca, a respiração... Controla, ainda, nossos movimentos físicos ao andarmos, ficarmos em pé ou sentarmos, aceita milhares de informações vindas dos nossos vários sentidos (visão, audição, olfato) além de nos deixar pensar, sonhar, raciocinar, sentir emoções, etc. Isso só ocorre porque o cérebro, medula espinhal e nervos periféricos fazem parte de um sistema de controle e processamento integrado de informações.


Um exemplo simples de como isso funciona: imagine que uma pessoa tenha feito um pequeno corte em um dedo da mão. No momento exato em que aconteceu o corte, os nervos (aferentes) levam várias informações para o cérebro: quantas células foram danificadas, quantos vasos foram rompidos, quais as bactérias que existem no local, etc. Com essas informações, o cérebro coordenará através dos nervos (eferentes) uma ação do organismo para cuidar e tratar daquele corte. Assim, o sistema imunológico mandará anticorpos para combater as bactérias e evitar uma infecção. Camadas de fibrinas formarão um tampão para evitar que o sangue continue vazando pelos vasos rompidos, novos vasos serão formados e uma nova pele cobrirá aquele ferimento. Em alguns dias, o dedo estará intacto. Tudo acontece sem nenhuma interferência externa. Assim através desse tráfego de informações que acontece pelos nervos e medula vertebral nosso cérebro consegue receber informações de todo corpo e coordenar todas as ações necessárias para que este se mantenha bem e consiga cumprir todas suas funções.

Assim, é possível imaginar que, se ocorrer alguma interferência ou bloqueio nesse tráfego de informações, o cérebro não vai receber as informações corretamente e nem vai enviar as instruções corretas. Se isso ocorrer no exemplo do corte no dedo, o que poderia estar curado em três ou quatro dias, levará uma semana ou mais para parar de incomodar.

Essas interferências de envio de informações ocorrem nas articulações e, em especial, na coluna vertebral que é o maior conjunto de articulações que temos no corpo. Essas interferências são chamadas de Complexo de Subluxação CID -10 M99.1 (Código Internacional de Doenças), e os Quiropraxistas são os únicos profissionais capacitados para diagnosticar e remover esses complexos de subluxações do organismo, devolvendo ao corpo o pleno funcionamento e a capacidade dele mesmo se cuidar.

Dependendo da vértebra onde ocorram Complexos de Subluxações, seu corpo pode apresentar:


Cervical – Dores de cabeça, insônia, pressão alta, acne, sinusite, alergias, estrabismo, problemas oculares e auditivos, amnésia, crises nervosas, cansaço crônico, vertigem, febres, catarro, dormência de braços, dores, neurite, surdez, neuralgias, torcicolos, faringite, ronco.

Torácica – Artrite, asma, úlcera, gastrite, reumatismo, tosse, dificuldades para respirar, dores em braços, problemas coronários, dores no peito, bronquite, pleurite, pneumonia, gripe, congestão, herpes, má circulação, sanguínea, indigestão, cardiologia, dor no abdómen, gases fadigas, urticária, problemas renais.

Lombar – Prisão de ventre, varizes, dor em nervo ciático, lombalgia, hérnias, cólicas, diarreia, dor e debilidade crônica, problemas de bexiga, problemas menstruais, incontinência, impotência, dores de joelho, edemas em membro inferior, pés frios, pernas tensas, esterilidade, pernas fracas.

Sacro – Dores ao sentar, hemorróidas, certos tipos de esterilidade, coceira, varizes, dores no quadril.

Ubika