A história da Quiropraxia

A manipulação da coluna vertebral é conhecida desde os tempos de Hipócrates e médicos da Grécia antiga. O fundador da moderna Quiropraxia foi Daniel David Palmer, um canadense que migrou para os Estados Unidos em 1865. O primeiro ajuste de Quiropraxia que se tem registro ocorreu na cidade de Davenport, estado de Iowa, EUA, em 18 de setembro de 1895.


A história que se conta é que Harvey Lillard, servente do edifício onde Palmer trabalhava, apresentava uma deficiência auditiva que se iniciara quando o mesmo tinha por volta de 17 anos. Palmer ao examiná-lo descobriu uma saliência em sua coluna e, com um empurrão firme na vértebra, produziu um forte estalo. Acontecia assim o primeiro ajuste da Quiropraxia moderna. Lillard nesta mesma consulta disse que estranhamente estava “sentindo” alguns sons. Após algumas sessões, parte significativa de sua audição estava restaurada. Nascia assim a Quiropraxia (Chiropractic).


Palmer não compreendeu de imediato porque o servente havia melhorado. Num primeiro momento acreditou ter encontrado a cura da surdez. Logo, esse tipo de procedimento começou a ser associado a curas milagrosas, causando muitas controvérsias acerca da Quiropraxia. A principal inconsistência estava no diagnóstico inicial. O clínico formulava o diagnóstico de que o paciente tinha um problema cardíaco, quando, na verdade, a dor no peito era resultado de uma dor intercostal. Mas os que foram se especializando em Quiropraxia intuíam que o alinhamento da coluna poderia resolver ou amenizar uma série de problemas clínicos.

“Chiropractic” vem do grego e significa “feito pelas mãos” e “Chiropractor” significa “quem faz com as mãos”.

D.D. Palmer fundou o Palmer School em Davenport, que viria a se transformar em uma das maiores faculdades de Quiropraxia dos Estados Unidos.

Palmer foi auxiliado por seu filho Bartlett Joshua Palmer .

B.J. Palmer construiu uma instituição proeminente, e contribuiu decisivamente para a aceitação da Quiropraxia pelo público e pelos legisladores. A Quiropraxia cresceria em popularidade nos próximos cinqüenta anos, graças ao seu estilo incansável.

B.J. Palmer foi proprietário de várias estações de rádio. Sua primeira estação foi a WOC (Wonders of Chiropractic) e, depois, comprou a WHO (With Hands Only) em Des Moines em 1928.

Diferentemente do estilo agressivo de seu pai, na promoção da profissão, B.J. Palmer usou a política para lentamente introduzir sua técnica “dentro” do sistema. Seus pacientes incluíram Presidentes americanos e grandes executivos de todo o mundo. Harry Houdini, Herbert Hoover, Jack Dempsey, Harry Truman e Ronald Reagan foram alguns dos convidados em sua casa.


Quando Palmer faleceu, em 1961, a Quiropraxia já havia se transformado no maior sistema de cuidado da saúde não-medicamentoso nos EUA.


A Quiropraxia no Brasil


• O primeiro a aplicar a Quiropraxia no Brasil foi o estadunidense Dr Willian F. Fipps, em 1922, seguidos após 1945, pelo Dr. Henry Wilson Young, ambos estabelecidos na cidade de São Paulo.

• Na década de 1960, na Associação de Renovação Biológica (ARB). - Curitiba- PR ocorre o primeiro curso de Quiropraxia no Brasil, coordenado por H.W. Yang.

• Em 1967, Matheus de Souza adapta os procedimentos norte-americanos e cria a metodologia de diagnose e sequências de manobras chamada de “Protocolo Básico”, que faz parte do “Método Matheus de Souza” ®.

• Com o crescimento da Quiropraxia no Brasil e formação de novos profissionais, são criadas as entidades profissionais como a Associação Nacional de Quiropraxia (ANQ, 1988) e posteriormente Associação Brasileira de Quiropraxia (ABQ, 1992).

• Em 1994, o Ministério do Trabalho convida M. Matheus de Souza para colaborar com a confecção da Classificação Brasileira de Ocupações (CBO-94).

• O primeiro Curso de Habilitação Técnica em Quiropraxia é realizado no SENAC, com a coordenação de M. Matheus de Souza.

• Em 2000, inicia-se a primeira turma de Graduação em Quiropraxia, na Universidade Anhembi Morumbi, com carga horária de 4.560 horas – 9 semestres - e o curso é reconhecido pelo MEC com a formação da primeira turma, em 2005. Em 2001, inicia-se a tramitação, na Câmara dos Deputados, do Projeto de Lei 4199/2001, que prevê a regulamentação da Quiropraxia no Brasil.

• O novo Código Brasileiro de Ocupações (CBO), na versão atualizada de 2002, traz a classificação do profissional Quiropraxista no Brasil, tendo como base os profissionais que exerciam essa ocupação no Brasil antes da década de 1990

• Ocorrem dois Congressos da Federação Mundial de Quiropraxia. Em 2005, na Austrália e, em 2007, em Portugal. Nos dois eventos, o Brasil se destaca apresentando significativo volume de trabalhos, demonstrando o avanço da pesquisa acadêmica na área.

• Em 2004, a Organização Mundial de Saúde (OMS) publica as “Diretrizes para a Educação e Segurança em Quiropraxia”, com intuito de orientação e modelo aos governos dos países onde a profissão ainda não é regulamentada. Em 2006, sai a publicação do mesmo documento, em Português.

• Em 2011 é realizado o 11º Congresso Mundial de Quiropraxia no Rio de Janeiro.

Ubika