Crianças e a Quiropraxia

Manter-se ereto é importante para todos, mas em nenhum outro momento é mais crucial desenvolver os bons hábitos de postura do que na infância. Muitos adultos com dores crônicas nas costas iniciaram seus sintomas ainda na infância ou adolescência.

Por serem mais ativas e por estarem numa fase de crescimento rápido, as crianças estão sujeitas a maiores riscos de apresentar Complexos de Subluxações Vertebrais que se tornarão crônicos. De acordo com vários estudos, há um risco significativamente alto associado com futebol, ginástica olímpica, balé e saltos ornamentais em piscinas. Por isso, os pais devem buscar ajuda o mais rápido possível se há sinais como: dores nas costas, sapatos que se gastam desigualmente, entorses constantes de tornozelo, só para citar alguns.

Um empurrão nas costas num jogo de futebol, vôlei, etc, pode machucar uma coluna jovem, causando um Complexo de Subluxação Vertebral. Um Quiropraxista pode fazer mais do que corrigir este problema. Ele também pode ajudar a melhorar o desempenho desse pequeno atleta, ajudando o corpo a funcionar em nível ótimo, naturalmente, sem estresses e sem medicamentos.

As crianças deveriam visitar o Quiropraxista logo nos primeiros meses de vida e, durante os primeiros anos, essas visitas devem ser frequentes, pois um Complexo de Subluxação pode acontecer (e na maioria das vezes acontece) durante o nascimento ou nos primeiros anos, onde ocorrem frequentes tombos quando ela está ensaiando seus primeiros passos. Levantar a criança ou carregá-la de forma inadequada também pode contribuir para provocar lesões vertebrais.

A coluna vertebral de uma criança cresce cerca de 50% de seu comprimento durante o primeiro ano, e é este período de grande crescimento e mudanças tão evidentes no desenvolvimento deste pequeno organismo, que torna o exame quiroprático tão importante nas fases iniciais da vida.

É um engano relacionar as dores nas costas das crianças durante período de crescimento à famosa dor de crescimento. Ninguém precisa ter dor para crescer. Por isso a presença desse sintoma deve ser entendida como sinal de alerta e merecer atenção e cuidados necessários. Existe a possibilidade de haver dores musculares relacionadas ao excesso de atividade esportiva ou ao excesso de peso das mochilas escolares apoiadas na coluna dorsal. Não se deve deixar de descartar também as chances de outras doenças, como processos infecciosos e reumáticos. Porém, como qualquer ser humano, as dores nas costas podem estar relacionadas a Complexos de Subluxações Vertebrais que podem acometer até mesmo em bebês.

Quando o Quiropraxista avalia um paciente adulto com dor aguda ou crônica, frequentemente já há uma degeneração vertebral instalada. Assim, o período ideal para se avaliar e corrigir uma subluxação vertebral é na infância. Como na Odontologia, as crianças se beneficiariam mais da Quiropraxia se esta fizesse parte do cuidado preventivo, e não apenas do tratamento de doenças já instaladas.

Ubika